A Franà§a oferece alimentos como poucos paà­ses. A grande diferenà§a entre o que eu e vocઠcomemos e a maioria dos franceses come està¡ não sà³ na variedade e na qualidade de pratos e temperos. Os franceses comem seriamente. Esse talvez seja o maior aprendizado que podemos observar como estrangeiros. Bons ingredientes todos os lugares do mundo podem ter; atitude crà­tica com relaà§ão ao que se planta e se cria, também, consensos que aparecem e, quando olhamos, jà¡ estamos acreditando e praticando instalam-se sem que percebamos: slow food, alimentos orgà¢nicos, alimentos plantados e colhidos em um raio de 200 km à  volta de onde vivemos e por aà­ vamos incorporando comportamentos na alimentaà§ão.

Mas os franceses jà¡ fazem isso desde sempre. Preferem produtos locais, não gostam de conservantes, se interessam pelo que vai à  cabeà§a do dono do vinhedo onde se abastecem e quando vão a um restaurante não se chamam de clientes e sim de patrons, isso quer dizer alguém que prestigia o estabelecimento.

No Brasil perdemos isso hà¡ muito tempo. Por isso é uma delà­cia ir a um restaurante com um cardà¡pio à  francesa onde é possà­vel comer com calma e seriedade. O salão tem o ar condicionado um pouco gelado demais e a iluminaà§ão poderia mostrar um pouco mais os pratos. à‰ sempre bom ver o que se come. As porà§àµes permitem uma entrada e um prato principal, o que é uma à³tima oportunidade para se provar mais itens do cardà¡pio. Comemos bem, com alguns defeitos. Das entradas as rãs estavam no ponto e bem temperadas. Comemos em silàªncio. O polvo crocante mais para duro, e o seu acompanhamento uma chicà³ria frisée poderia ser um pouco mais crocante. Comemos conversando.

Quando os pratos principais chegaram não està¡vamos mais com fome e ainda assim comemos tudinho: cassoulet com a sua coxa de pato confit, moules et frites ? mariscos com batatas fritas finas (eu prefiro as mais grossas) e na verdade a receita é belga, embora gostem muito da mistura na Franà§a, costela que de tão macia foi devorada usando sà³ o garfo e um cordeiro também impecà¡vel, em silàªncio e suspiramos no final.
As sobremesas ficaram para uma prà³xima vez.

Ici BistràŽ
www.icibistro.com.br
Rua Parà¡ 36. São Paulo, SP.
T. 11 32574064