Como preparar cogumelos shiitake

por Cozinha da Márcia

Além de saborosos, os cogumelos shiitake são fáceis de se preparar – primeiro corte os cabos bem perto da coroa superior – eles devem ser descartados, uma vez que permanecem duros mesmo depois de cozidos. Em seguida lave-os em bastante água, e escorra-os. Algumas vezes gosto de guardá-los, já bem secos, em uma tigela fechada na geladeira por uns dois dias. O ar frio e seco vai desidratá-los o suficiente para deixar seu sabor mais concentrado, o que vai fazer uma certa diferença na hora em que forem cozidos.

Quais os sabores que combinam com os cogumelos shiitake

O sabor dos cogumelos combina com os tradicionais alho e cebola, e também com temperos como o molho de soja e o vinagre de arroz, sabores mais associados à culinária japonesa. Existe um outro grupo de ingredientes igualmente bom. Nesse caso, a culinária tailandesa é a fonte de inspiração. Ao refogado onde os cogumelos serão cozidos acrescenta-se uma pimenta dedo de moça cortada e fatias, ou ainda um talo de erva cidreira cortado em rodelas finas, e no lugar de salsa ou cebolinha, experimente acrescentar um pouco de coentro fresco.

Leia mais sobre os cogumelos shiitake aqui

E, nos dois tipos de refogado, sempre acrescente o suco de meio limão, a sua acidez equilibra o molho. E, quando quero adicionar mais uma camada de sabor ao prato cozinho junto uma fatia de limão desidratado.

Veja aqui como preparar o limão desidratado da foto

Quais os tipos de macarrão que podem ser utilizados

Combinação macarrão com cogumelo shiitake é a escolha mais comum, e a mais gostosa. Aqui, como se pode ver na foto, os cogumelos foram servidos com um espaguete bem fino que já estava pronto, bem um prato quebra-galho. Mas, o melhor é combinar com um macarrão japonês, os quais podem ser de farinha de trigo, de soja, de arroz ou ainda trigo sarraceno. Como são preparados com farinhas diferentes, o gosto final também vai variar.

[penci recipe}

 

Você também pode gostar