Bifes à milanesa

por Cozinha da Márcia

Os bifes à milanesa são um sucesso garantido com adultos e crianças! Além do mais essa é uma receita fácil de fazer, e que pode ser servida de muitas maneiras. O primeiro jeito é servir os bifes bem quentinhos, logo depois de empanados e fritos no óleo.  Um bom acompanhamento é um creme de milho ou uma salada.

Outro jeito de se aproveitar os bifes que sobram é servi-los já frios. Aliás ficam deliciosos quando servidos no meio de um pão francês, com bastante fatias de tomate cortadas finas, e temperados com azeite e sal. E tem ainda uma terceira opção que é preparar os bifes à milanesa em escabeche. O bife também fica muito gostoso servido com esse molho sobre uma fatia bem grossa de pão.

Originalmente o escabeche é um modo de se conservar alimentos, no qual um tipo de carne ou peixe é cozido lentamente com bastante azeite, vinagre e temperos. Normalmente utiliza-se anéis de cebola, e tiras de pimentão com salsa ou coentro.  No caso dos bifes à milanesa, porque já estão prontos, são colocados no molho ainda morno. O bife fica muito gostoso servido com esse molho sobre uma fatia bem grossa de pão.

A sua origem do escabeche como forma de conservar alimentos chegou ao Brasil da Espanha e de Portugal. Por lá, frangos, perdizes, sardinhas e mariscos também podem ser preparados com o mesmo método. O escabeche pode ser guardado depois de frio por muito tempo na geladeira.

O bife pode ser preparado com mais de um tipo de carne. A alcatra, o patinho, e o coxão duro podem ser utilizados com pequenas variações no sabor. Algumas vezes, sobretudo o patinho e o coxão precisam ser amaciados antes de serem empanados. Nesse caso, o melhor é usar aquela técnica antiga de bater a carne com um martelo para amaciar as suas fibras.

 

Bifes à milanesa. Cozinha da Marcia foto: Marcia Zoladz

Bifes à milanesa

Imprimir
Porções: 4 porções Preparo: Cozimento:
Informações nutricionais 200 Calorias 20 grams Gordura

Ingredientes

  • Para 4 porções
  • 500g de bifes de alcatra, patinho ou coxão-duro (4 bifes)
  • 3 a 4 ovos batidos
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 1 xícara de farinha de rosca
  • Óleo para fritar
  • 1 limão

Instruções

Compre a carne cortada em bifes finos ou se preferir, e acho que vale a pena, peça no açougue para cortarem em bifes com espessura média, meio centímetro mais ou menos.

Para a carne ficar bem macia, e poder servir de recheio para um sanduíche é preciso quebrar as suas fibras, por isso bata os bifes um pouco um martelo de carne ou se preferir, é o método que utilizo, coloque os bifes sobre uma tábua, cubra com filme plástico e estique-os com um rolo de abrir massa. Devem crescer mais um terço de seu tamanho original.

Tempere-os com sal e pimenta do reino. Espalhe uma xícara de farinha de trigo, em um refratário bem grande. Espalhe a farinha de rosca em outro refratário. Passe um bife de cada vez pela farinha de trigo dos dois lados. Em seguida, pelos ovos batidos apenas misturados, e novamente dos dois lados pela farinha de rosca. Aperte um pouco com as mãos e coloque para fritar no óleo bem quente.

A quantidade correta de óleo vai depender do tamanho da frigideira. Utilize uma frigideira com a lateral alta o bastante para receber dois dedos de altura de óleo. Os bifes precisam flutuar sem tocar o fundo da frigideira com o óleo bem quente.

Doure os bifes dos dois lados, retire e guarde em um prato forrado com papel absorvente. Repita a operação. Não frite mais de um ou dois bifes de cada vez para ficarem bem sequinhos.

Sirva com as fatias de limão e uma salada verde ou creme de milho.

Prepare sanduíches no pão francês com os bifes que sobrarem. Veja no texto acima outros jeitos de servir os bifes à milanesa

A Cozinha da Marcia tem um canal só com receitas com carne, dá uma olhada lá!

Olha o truque


Você também pode gostar