Cozido de peixe fresco

por Cozinha da Márcia

O cozido de peixe fresco é um prato nacional que em cada região do Brasil ganha alguns ingredientes locais e um nome diferente. Por exemplo, a receita que eu ensino a seguir vem do Rio de Janeiro. Já na Bahia, ingredientes como o azeite de dendê, o leite de coco, e junto com o molho de pimenta dão um sabor especial à moqueca baiana, embora a receita básica seja muito semelhante.

Outras vezes, como no caso do Azul Marinho, um prato típico da região de Ubatuba, no litoral Norte do estado de São Paulo, o nome vem das bananas nanica (d’água) ainda verdes que são cozidas junto com o peixe. O molho fica azulado, como diz o próprio nome do prato, devido ao tanino das bananas verdes. No fundo, a receita é sempre a mesma, um ou dois tipos de peixes, temperos, verduras e legumes locais, ao qual acrescenta-se a banana verde, cujos taninos deixam o molho azulado.

Um cozido de peixe fresco para ficar bem gostoso precisa ser preparado com peixes de carne mais firme por que não desmancham enquanto cozinham. Os melhores peixes para esse tipo de prato são a garoupa, o robalo, o badejo, e o cação.  Recomendo não usar peixes congelados uma vez que ao descongelarem parte do seu sabor.

O mais importante é não errar nas quantidades e acabar com um prato para oito pessoas quando a intenção era servir duas. Por isso, calcule para cada pessoa duzentas gramas ou apenas de um  ou dois tipos de peixe. Se quiser enfeitar a sopa, e ainda dar mais um gostinho, acrescente alguns camarões e mariscos, mas poucos dois de cada por pessoa.

Veja aqui uma receita ainda mais leve de Peixe no caldo

 

 

Cozido de peixe fresco. Foto: Marcia Zoladz

Cozido de peixe

Prepare um cozido de peixe fresco muito gostoso Receitas cozido de peixe, prato único Brasileira Imprimir
Porções: 4 pessoas Preparo: Cozimento:
Informações nutricionais 200 Calorias 20 grams Gordura

Ingredientes

  • 1 garoupa com 2,7 kg (só a cabeça pesou 500 g)
  • Para temperar o peixe:
  • Suco de 1 limão
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 e 1 / 2 colher de chá de sal
  • Para o cozido
  • 1 pimentão vermelho
  • 1 pimenta dedo-de-moça
  • 3 tomates bem maduros
  • 1 / 4 de xícara de azeite
  • 2 folhas de louro
  • 2 dentes de alho
  • 2 cm de raiz de gengibre fresco ralado
  • Casca de um limão siciliano ralada ou casca de meio limão Taiti (verde)
  • 2 colheres de sopa de folhas alfavaca ou de manjericão
  • 1 xícara de salsa
  • 3 ou 4 cebolinhas verdes
  • 1 xícara de água

Instruções

Compre o peixe cortado em postas, o peixe utilizado nessa receita rendeu sete fatias grossas. Em casa, lave os pedaços em bastante água corrente, escorre e esfregue com o suco de limão, o sal e os dentes de alho amassados. Descanse por aproximadamente 30 minutos.

Corte a cebola em anéis, pique as ervas junto com os dentes de alho e a pimenta dedo-de-moça. Corte o pimentão em rodelas, retire as sementes e o miolo branco.

Em uma panela com tampa, faça camadas com os tomates, pimentão, temperos e as postas de peixe. Misture o gengibre com a casca de limão e a água e despeje por cima. Por último, acrescente o azeite.

Cozinhe tampado, no fogo bem baixo, por aproximadamente 40 minutos. Cuidado que o tempo de cozimento deverá variar de acordo com o tipo de peixe utilizado. Em geral, está pronto quando a fervura cobre os pedaços de peixe. O próprio calor do cozimento termina por dar o ponto certo ao peixe. Sirva acompanhado de farinha de mandioca e molho de pimenta para ser utilizado a gosto.

 

Olha o truque

Cuidado para não faltar peixe!
Na hora de comprar um peixe inteiro, observe o tamanho da cabeça, em algumas espécies, ela pode corresponder a 30% do peso total. Calcule 250 g de peixe por porção, a carne do peixe é leve e assim ninguém fica com fome.

 



[caption id="attachment_3896" align="alignnone" width="300" caption="Cuidado que o tamanho da cabeça pode chegar à metade do peso do peixe"]
[/caption]

Você também pode gostar