Essa é a receita do doce de banana que eu comia na minha infância no Rio de Janeiro, preparado com banana prata para não ter fiapos – a banana d’água, em São Paulo, chamada de banana nanica. Ninguém resiste ao seu sabor e perfume e, só descobri depois que cresci, é uma das receitas mais simples do mundo!

Você também pode gostar