Cozinhando de ouvido

por Cozinha da Márcia

Já foi a um restaurante, gostou de um prato, e chegou em casa fez igualzinho? Então você está cozinhando de ouvido – é como aprender uma música ou uma poesia em uma língua que você não sabe, e cantar ou declamar a plenos pulmões. É só perder a vergonha e não ter medo de errar.

Isso aconteceu comigo diversas vezes, já cantei músicas dos Beatles antes de falar inglês, e me acabei de dançar sozinha ou com amigas durante a minha pré-adolescência. E, recentemente, tive uma experiência semelhante com uma poesia – incapaz de entender uma só palavra, senti cada uma delas. O poema é Speke Parrot – do poeta laureado da corte de Henrique VIII, John Skelton, escrito em 1521.

Trata de uma biografia de um papagaio que é dado de presente para uma moça linda, e cai em tentação. Fica todo feliz por ganhar uma coleira de rubis e uma gaiola enfeitada com um espelho. No entanto, nem tudo é o que parece. O poema é uma sátira contra o poderoso Cardeal Wolsey, tesoureiro do rei. Skelton, coloca-o como o papagaio, e o descreve como interesseiro e arrivista.  O poema é numa língua chamada de Middle English – o inglês falado na época ainda misturado com palavras em latim.

A princípio não entendi uma só palavra, no entanto me encantei. Quase tanto quanto adorava cantar as músicas do Beatles, ou decorei Jumpin’ Jack Flash dos Rolling Stones (depois pesquisei um pouco mais o assunto). E tive a certeza de que eu posso falar poemas, cantar músicas em línguas que não conheço e me vejo cozinhando de ouvido pratos sem receita de culturas e lugares onde nunca estive.

Enquanto escrevia eu ouvi na web

The Beatles Twist and Chow e Jumpin’Jack Flash em gravação original ainda em mono.

E ouvi o poema Speke Parrot e li o texto original no site do Skelton Project: http://www.skeltonproject.org/spekeparott/

Os Beatles em Treslo, Holanda. Crédito da foto: Creative Commons, direitos liberados: Noord-Hollands Archief / Fotoburo de Boer.  https://commons.wikimedia.org/wiki/File:The_Beatles_in_Treslong.jpg

Mousse francesa de chocolate. Foto: Marcia Zoladz

Uma sobremesa de sabor delicada preparada como se faz na França

A seguir uma receita francesa de mousse de chocolate

 

The Beatles em Treslong. Foto:WikiCommons/Noord-Hollands Archief / Fotoburo de Boer

Mousse de chocolate francesa

Já foi a um restaurante, gostou de um prato, e chegou em casa fez igualzinho? Então você está cozinhando de ouvido –… Artigos Cozinhando de ouvido European Imprimir
Porções: 6 Preparo:
Informações nutricionais 200 Calorias 20 grams Gordura

Ingredientes

  • Para 6 porções bem pequenas
  • 100g de chocolate meio amargo
  • 2 colheres de sopa | 30 ml de água filtrada
  • 3 colheres de sopa|50 g de manteiga
  • 2 ovos grandes
  • 1 colher de sopa | 15 ml de licor de cacau ou de café muito forte
  • 2 colheres de chá de geleia de framboesa
  • 1 / 4 de colher de chá | 1 g de flor de sal

Instruções

Pequenas porções de chocolate se misturam na boca com o sabor do café e o doce de uma geléia de framboesa.

Derreta a manteiga com o chocolate em um banho-maria. Acrescente a manteiga cortada em pedacinhos quando o chocolate estiver derretido e cremoso.

Retire a panela do fogo e acrescente as gemas sem parar de bater até as gemas estarem totalmente absorvidas no chocolate.

Bata as claras em neve, acrescente-as ao creme de chocolate. Coloque no fundo de cada recipiente o equivalente a um quarto de colher de chá, um pinguinho mesmo, e cubra com a mousse. Deixe na geladeira. Na hora de servir polvilhe cada porção delicadamente com grãos de flor de sal.

Olha o truque

Mousse de chocolate é uma das receitas mais perfeitas para se misturar tipos de diferentes de chocolate que sobraram no armário, na geladeira, no quarto dos filhos e aquele ovo de Páscoa que pensamos em deixar para depois. Pese a quantidade pedida pela receita e derreta. A diferença nos tipos de chocolate aumenta o seu aroma e as receitas ficam com o sabor ainda melhor.

 

 

Você também pode gostar