Quibe assado da D. Júlia Maruche

por Cozinha da Márcia

Hoje tive uma surprêsa muito boa – recebi de presente a receita de quibe assado da D. Júlia Maruche. O Eduardo Maruche, neto da D. Júlia entrou em contato comigo via Instagram. Ele viu a receita de quibe assado da Cozinha da Marcia que acaba de estrear no portal Terra, e mencionou que notou algumas diferenças entre as duas. Acontece que a receita que eu publiquei, embora de origem libanesa, não é a mesma receita de quibe assado da D. Júlia Maruche.  Conversa vai, conversa vem, fiquei muito curiosa em saber como é essa receita, até hoje cuidadosamente preparada pela sua família.

Pedi a receita, disse que a publicaria no site da Cozinha da Marcia. E, eu  fui generosamente atentida. A seguir o texto enviado pelo Eduardo, com os ingredientes e as explicações. Além de muito  bem escrito é muito carinhoso com a memória de sua avó:

“Vou te enviar uma receita de família da minha querida avó Libanesa, a Júlia Maruche. Muita saudade. Comida afetiva ****! Nossa as lembranças dos banquetes árabes. Casa de Árabe tem muita comida e muito palavrão, rsrsrsr!”

Fico muito agradecida por ele ter enviado e permitido a sua publicação.

A foto do quibe assado da D. Júlia Maruche foi feita pelo Eduardo Maruche, durante um banquete árabe preparado por ele no fim do ano.

**** asterísticos no lugar do palavrão

Quibe da D Julia Maruche. Foto Eduardo Maruche

Quibe assado da D. Júlia Maruche

Imprimir
Porções: 8 a 10 pessoas Preparo: Cozimento:
Informações nutricionais 200 Calorias 20 grams Gordura

Ingredientes

  • Para a massa
  • 1 kg de patinho moído duas vezes, a carne precisa estar bem limpa
  • 1 / 2 kg de trigo para quibe
  • 5 cebolas meedias
  • 1 molho de hortelã fresco
  • 1 colher de sopa de Bahar (tempero sírio/ pimenta-da-jamaica)
  • 100g de manteiga gelada
  • Sal e pimenta-do-reino moída a gosto
  • Para o Rachuí (recheio)
  • 600g de acém ou lombinho moído (precisa ter um pouco de gordura)
  • 2 cebolas médias picadinhas
  • 1 / 2 molho de hortelã
  • 1 colher de sopa de Bahar (tempero sírio/pimenta-da-jamaica)
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • Sal e pimenta-do-reino moída a gosto

Instruções

Modo de preparo da massa – coloque o trigo de molho por mais ou  menos uma hora. Após esse tempo, escorra totalmente a água, e esprema o trigo com as mãos para deixá-lo bem sequinho. Amasse o trigo em uma tigela como se estivesse sovando uma massa.

Bata no liquidificador as cinco cebolas descascadas e as folhas da hortelã. Em uma tigela misture com as mãos ou com uma espátula, a carne com a cebola batida, e tempere com Bahar (tempero sírio), sal e pimenta-do-reino a gosto.

Prepare o recheio - refoque em uma panela as cebolas picadas no azeite apenas até murcharem. Acrescente a carne moída, e tempere com Bahar (tempero sírio), sal e pimenta a gosto. Refogue apenas até a carne estar cozida, mas não deixe o líquido da panela secar.

Monstagem – em um tabuleiro não muito grande, coloque parte da massa para forrar o fundo e as laterais até em cima (como se fosse fazer uma torta de palmito ou escondidinho de camarão); preencha como Rachuí (recheio) todos os espaços do fundo.

Amasse com as mãos alguns discos de massa para fazer o fechamento (tampa do tabuleiro). A massa precisa ficar muito bem fechada. Após fechar com a massa, passe as mãos bem molhadas por cima da massa para uniformizar e compactar a tampa do quibe.

Faça riscos leves na horizontal e na vertical da massa com o bico de uma faca, como se estivesse desenhando um jogo da velha para deixar vários quadriculados na tampa. Corte vários cubinhos de manteiga e distribua por cima da tampa.

Leve ao forno médio a asse até dourar.

Olha o truque

Nota da Cozinha da Marcia – não deixe dourar demais para o recheio não ficar ressecado.

Você também pode gostar